Criança com Má formação, Lesões físicas, mutilações e traumas que provocam deficiência: Como lidar com a deficiência física

A má formação infantil e outros tipos de causas levam a deficiências físicas, incluem-se o que denominam também de deficientes ortopédicos. Estes  são os que apresentam todas as variedades e graus de dificuldade no movimento físico, incluindo locomoção, coordenação e fala. O termo ortopédicamente deficientes abrange uma vasta categoria de pessoas. Salienta-se que no caso dos  deficientes ortopédicos, fora o fato de suas capacidades físicas serem limitadas, a grande heteroneidade de deficiências impede que outras características – principalmente psicológicas – sejam semelhantes.

criança deficiente físicaAMIRALIAN (1986) tem por deficientes físicos os indivíduos, os que apresentam dificuldades corporais e limitações nos movimentos. Segundo ela, pode-se encontrar, em geral, três características: 1.) Uma deficiência neuromuscular resultante de lesões no sistema nervoso central; 2.) Prejuízos no sistema nervoso periférico (nervos e músculos fora do sistema nervoso central); 3.) Lesões reultantes de um trauma ou doença que destrói nervos, músculos e ossos.

Segundo esta autora, a classificação das deficiências ortopédicas, fundamentam-se em descrições médicas. Destacam-se as quatro categorias abaixo:

a.)   Lesões no sistema nervoso central: São as consideradas mais incapacitantes no que se refere a educação escolar. Quando o sistema nervoso central sofre lesões compromete uma série de outros sistemas que dele dependem ou dependem de seu perfeito funcionamento. A paralisia cerebral, a epilepsia e as escleroses multiplas, são exemplos de deficiências físicas, causadas por lesões no sistema nervoso central.

b.)   Deficiências do sistema muscular e do esqueleto: afetam principalmente membros inferiores, articulações e espinha. Como por exemplo, escoliose, osteomielite, artrite reumática, atrofia muscular progressiva, entre outras.

c.)   Más-formações congênitas: Presentes desde o nascimento. Acrescenta-se a este grupo as deficiências adquiridas durante a gestação por doenças ou outras condições da mãe. Falta de membros, spina bífida, entre outras, são exemplos de más formações.

d.)   Outras condições mutiladoras: Consideradas mutiladoras por afetarem ossos, articulações e músculos e limitam as capacidades de locomoção e/ou manipulação de objetos pelos indivíduos.

RIBAS (1986, p.30) salienta que mais importante do que uma definição é que o deficiente físico, faça uso de seus equipamentos ortopédicos de maneira que “… com sua cadeira de rodas e com a vida, sem dúvida ter as limitações atenuadas”. Este autor coloca que segundo a Organização Mundial da Saúde (ONU) cerca de 10% da população mundial é ou está deficiente e que deste percentual 20% apresentam deficiência física ou ortopédica.

No responses yet